OXYCONTIN A “HEROÍNA CAIPIRA”

Por agir sobre o sistema nervoso da mesma forma que a heroína ou o ópio, alguns dependentes químicos estão usando OxyContin como substituto ou suplemento para opioides ilícitos tipo heroína.

Ocorreram assaltos à mão armada a farmácias em que o assaltante exigiu o OxyContin e não o dinheiro. Em algumas áreas, particularmente no Leste dos Estados Unidos, o OxyContin tem sido a droga de maior preocupação dos agentes da lei.

O OxyContin, amplamente conhecido como “heroína caipira” por causa do seu uso abusivo nas comunidades rurais dos Apalaches, emergiu como um sério problema criminal nos Estados Unidos. Em um condado, foi estimado que a dependência desta droga estava por trás de 80% dos crimes.

“Eu não achava que tinha um problema de drogas; eu estava comprando os comprimidos na farmácia. Não afetava o meu trabalho. Sentia-me um pouco cansado pelas manhãs, mais nada. Só me dei conta de que eu tinha um problema quando tomei uma overdose de cerca de 40 comprimidos e fui parar no hospital. Passei 12 semanas numa clínica para vencer o meu vício.” — Alex

Efeitos Mentais e Fisiológicos dos Analgésicos

  • Prisão de ventre
  • Náusea
  • Vômitos
  • Tonturas
  • Confusão
  • Dependência química
  • Inconsciência
  • Enfraquecimento respiratório
  • Maior risco de ataque cardíaco
  • Coma
  • Morte

“Pelo que posso me lembrar eu tinha altos e baixos. Ficava facilmente transtornado por coisas pequenas, tinha explosões de raiva ou ódio de alguém sem nenhuma razão. Durante muito tempo achei que eu era bipolar. Comecei a consumir drogas em outubro de 2003 para me ajudar com sentimentos indesejados. Mas, acredite ou não, isso só deixou as coisas piores! Eu tinha agora que lidar com o meu vício e com os meus problemas emocionais.” — Thomas