HISTÓRIAS DA VIDA REAL SOBRE A DEPENDÊNCIA QUÍMICA

A melhor maneira de transmitir A Verdade sobre as Drogas é por meio das palavras das pessoas que “estiveram lá”. Ao contar suas histórias, elas podem transmitir o que aprenderam para que outros não trilhem o mesmo caminho.

Compartilhe esta informação com seus amigos. A educação sobre as drogas salva vidas.

“Meu objetivo na vida não era viver... era ficar baratinado. Eu estava indo pra baixo em direção a um ponto sem retorno. No decorrer dos anos me entreguei à cocaína, à maconha e ao álcool na falsa convicção de que isso me ajudaria a escapar dos problemas. Isso só piorou as coisas. Eu tinha tudo, um bom emprego, dinheiro, uma família amorosa, mas sentia-me tão vazio por dentro. Como se eu não tivesse nada. Depois de vinte anos de uso, eu continuo a repetir para mim mesmo: ‘Vou parar permanentemente após esta última vez.’ Isso nunca aconteceu. Houve até momentos que eu tinha pensado em desistir da vida.”  John

“Comecei com a erva, depois passei para os comprimidos (ecstasy) e ácidos, fazendo coquetéis de todos os tipos de drogas, até mesmo exagerando na dose para tornar as euforias mais prolongadas. Eu tomei grandes quantidades destes químicos todos os dias, por dois anos, até que eu tive uma má viagem uma noite e entrei numa psicose tóxica. Rezei e chorei, pedindo para essa sensação passar. Ouvia vozes na cabeça, tinha convulsões e durante seis meses não consegui sair de casa. Fiquei muito retraído e pensava que todas as pessoas estavam me vigiando. Não conseguia caminhar em lugares públicos. Caramba! Não conseguia nem dirigir.

“Acabei sem teto e nas ruas, vivia e dormia em caixas de papelão, pedindo dinheiro e lutando para encontrar formas de conseguir a minha próxima refeição.

“Eu me perguntava se este era o fundo do poço, e eu acredito que era. Depois de ver estas pessoas sem-teto, eu decidi que já tinha sido o suficiente para mim. Sim, eu queria drogas, mas percebi que eu poderia querer mais a vida.”  Ben

 

Encomende o seu Kit Informativo GRATUITO