EFEITOS DE MACONHA SINTÉTICA A LONGO PRAZO

Os efeitos a longo prazo em seres humanos ainda não são totalmente conhecidos, mas os peritos em controle de envenenamento informam que os efeitos da maconha sintética podem ser fatais.

A maconha sintética pode causar dependência e levar aos sintomas de abstinência que incluem: fissura, pesadelos, suor excessivo, náusea, tremores, dores de cabeça, cansaço extremo, insônia, diarreia, vômitos, a pessoa não consegue pensar com clareza e negligencia outros interesses ou deveres.

Os usuários que consomem estas drogas repetidas vezes e, por um longo período de tempo, podem sofrer de esquecimento e confusão mental. Alguns usuários disseram que tiveram paralisia.

O Departamento de Saúde do Wyoming constatou que 16 casos de insuficiência renal ocorreram devido ao uso da droga em seis estados dos EUA.4

PARALISADO DEPOIS DE FUMAR SPICE

“Depois de usar Spice por várias semanas, acordei uma madrugada, caí no chão, não conseguia mexer as pernas e não conseguia mexer os quadris. Tudo o que consegui fazer foi me arrastar, apoiado nos meus antebraços e, como não conseguia chegar a lado nenhum, fiquei no chão por 13 horas, gritando, batendo no chão e pedindo ajuda. Os médicos dizem que mais duas horas e estaria morto. Vou ficar muito tempo no hospital.” — L.D.

ISTO É O INFERNO

“Quero compartilhar minha experiência com o K2. Isso arruinou minha vida. Quando fumei K2 pela primeira vez, foi como se tudo se dissolvesse e parecesse ser uma imagem distorcida na tela da TV. Lembro que pensei: ‘Isto é o inferno.’ Só conseguia sentir um medo terrível. Ouvia vozes de parentes, tinha flashbacks de quando eu era mais novo, foi a pior experiência que já tive. Tremia incontrolavelmente e ficava apavorado e doente. Desde aquele dia, tenho uma ansiedade horrível diariamente. Tive que abandonar a escola devido ao forte estado de ansiedade.” — J.W.

JÁ NÃO ESTOU COMPLETAMENTE PRESENTE

“Tive uma overdose por causa do Spice e nunca mais fui o mesmo. Fiquei ali fumando até que a droga causou efeito. Não conseguia nem ver, nem andar direito, e depois vomitei umas 6 ou 7 vezes. Acordei minha mãe, e ela me deitou no sofá e chamou a ambulância. Cerca de 10 minutos antes de a ambulância aparecer, comecei a ter convulsões. Acordei numa cama de hospital ligado a aparelhos de suporte de vida. Tive parada cardíaca* por algumas horas e pensaram que eu não ia acordar, mas sobrevivi e não voltei a ser o mesmo. Agora gaguejo muito e não consigo concentrar-me em nada. Posso estar contando uma história, ficar em branco e não saber o que aconteceu. Estou sempre vendo pontinhos e sinto que já não estou completamente presente.” — D.Y.

UM EX-DEPENDENTE QUÍMICO

“Sou um ex-dependente químico de maconha sintética. Fiquei dependente enquanto estava em liberdade condicional. Eu usava a droga para ter um barato e conseguia enganar os exames toxicológicos. Usava um grama ou menos por dia e depois comecei a usar 3 ou 4, por dia. Quanto mais a minha dependência aumentava, menos conseguia controlar meus comportamentos e capacidades motoras**. Ficava mais agressivo quando ficava chateado, o que se tornou mais frequente à medida que usava mais e por mais tempo. Um dia de manhã tive um surto psicótico durante o qual apaguei e quase matei minha esposa. Fui preso e minha liberdade condicional foi revogada. Desde que fui liberado, compartilho a minha experiência com outras pessoas para estimulá-las a não usar esta droga.” — S.W.

COMPORTAMENTO VIOLENTO E IRRACIONAL

Em agosto de 2013, uma mãe de 21 anos, que estava sob a influência de Spice, atirou o filho de quatro anos numa lata de lixo e quando foi detida não conseguia lembrar onde o filho estava. A criança mais tarde foi retirada do lixo e levada pela polícia, que a entregou aos Serviços de Proteção a Menores. A mulher foi indiciada por ter abandonado o filho.

Em janeiro de 2011, um adolescente de Omaha disparou contra dois administradores escolares, um deles morreu e o adolescente se suicidou em seguida. Exames toxicológicos revelaram a presença de K2 no corpo do jovem.

Em Louisiana, um jovem de 21 anos, logo na primeira vez que usou o K2, cortou a garganta enquanto estava sob influência da droga. Felizmente, a mãe do rapaz conseguiu parar o sangramento até a chegada do socorro.

  1. * parada cardíaca: uma parada repentina e às vezes temporária do coração.
  2. ** capacidades motoras: movimentos intencionais dos músculos para executar ações específicas.