ANTIDEPRESSIVOS

Outra categoria de drogas prescritas que às vezes são usadas indevidamente são os antidepressivos. Esses incluem Prozac (Fluoxetina), Paxil (Citalopram), Sertralina (Zoloft), Venlafaxina (Effexor) e Mirtazapina (Remeron). Esses vêm em cápsulas multicoloridas e comprimidos.

“O meu cérebro parece que está gritando para eu conseguir mais desses comprimidos, as sensações que tenho sem eles são insuportáveis demais... Preciso de mais ajuda para passar por essa abstinência de Effexor. Estou tão deprimida que comecei a cortar os meus braços e não sei por quê. Também alucino a cada poucas horas e vejo coisas — hoje mesmo vi sangue gotejando na minha parede.” — Rita
Estudos mostraram que os efeitos destas drogas podem incluir:
  • Insônia
  • Irritabilidade
  • Nervosismo e ansiedade
  • Pensamentos e ações violentas
  • Agitação
  • Pensamentos suicidas ou suicídio
  • Tremedeiras
  • Hostilidade
  • Suores
  • Arritmia cardíaca
  • Agressividade
  • Comportamento criminoso
  • Confusão e pensamentos incoerentes
  • Paranoia
  • Alucinações
  • Psicose
  • Acatisia (uma agitação interior dolorosa; incapacidade de ficar sentado de forma estável)

Um estudo descobriu que 14% dos jovens que tomam antidepressivos se tornam agressivos e até mesmo violentos. Um menino de 12 anos começou a ter pesadelos violentos sobre matar os seus colegas de classe e depois ser baleado. O sonho continuou a parecer “muito real” depois de acordar, e por vários dias ele teve sonhos com chacinas que pareciam cada vez mais reais. Ele se tornou um suicida em potencial até que a droga foi suspensa.

Este estudo apresentou vários outros exemplos de comportamento extremo e irracional dos usuários dessas drogas. Um homem atropelou um policial com o seu veículo para poder pegar a arma do policial e atirar em si mesmo. Outro se afogou com os seus dois filhos pequenos numa banheira, e um menino bateu no melhor amigo com um porrete sem nenhuma razão aparente. Nenhum deles tinha nenhuma história prévia de violência.

Os sintomas de abstinência de antidepressivos incluem: pensamentos suicidas, agressão, inquietação, depressão, crise de choro, insônia, vertigens, vômitos, dores de cabeça, tremores e sensações de choques no cérebro.