SINAIS DE ALERTA DA DEPENDÊNCIA DE ANALGÉSICOS PRESCRITOS

 
Os analgésicos mais comumente prescritos (OxyContin, Vicodin, Metadona, Darvocet, Lortab, Lorcet e Percocet), enquanto oferecem alívio da dor, podem também fazer com que o corpo comece a “precisar” destas drogas para se sentir simplesmente “normal”.
 
Aqui estão dez sinais de alerta para observar se você acredita que alguém que conheça possa estar dependente dessas drogas:
 
1. Aumento do uso: aumento da dose, como resultado da crescente tolerância à droga e necessidade de cada vez mais para conseguir o mesmo efeito.
 
2. Mudança na personalidade: alterações de energia, humor e concentração, tornando a necessidade da droga mais importante do que as responsabilidades diárias.
 
3. Afastamento social: afastamento da família e dos amigos.
 
4. Uso contínuo: o uso de analgésicos continua, mesmo após a condição médica para os quais foram receitados ter melhorado.
 
5. Tempo gasto para obter prescrições: muito tempo gasto dirigindo longas distâncias e visitando vários médicos para obter as drogas.
 
6. Mudança nos hábitos diários e na aparência: declínio na higiene pessoal, mudança nos hábitos de sono e alimentação, tosse constante, nariz escorrendo, olhos vermelhos e vidrados.
 
7. Negligência das responsabilidades: negligência quanto às tarefas domésticas e ao pagamento de contas, faltas mais frequentes à aula ou ao trabalho.
 
8. Sensibilidade aumentada: visões, sons e emoções normais tornam-se excessivamente estimulantes; alucinações.
 
9. Esquecimento total: esquecer de coisas que aconteceram e ter “brancos”.
 
10. Comportamento defensivo: se o usuário sente que seu segredo está sendo descoberto torna-se defensivo e agressivo contra perguntas simples, na tentativa de esconder a dependência de drogas.